Alguns Passos para Começar a Meditar

Alguns Passos para Começar a Meditar

Publicado por: Bruna Spoladore Publicado: 06/08/2019 Visitas: 154 Comentários: 0

Antes de começar gostaria apenas de dizer que meditar pode trazer vários benefícios, mas você pode também passar por algumas situações meio desagradáveis, então, é importante lembrar que, caso precise, grupos de apoio, psicólogos, psiquiatras e até mesmo remédios podem ser bem-vindos dependendo de sua situação mental e dos traumas pelos quais passou. Procure sempre o que for melhor para você, se escutando e ficando atento aos resultados.

.

Dito isto deixo aqui alguns passos para você que quer começar a meditar.

.

1) Escolha um local.

No início, pode ser difícil conseguir se concentrar, então, procure um local mais silencioso, no qual você não seja interrompido. O local deve ser confortável e aconchegante, para que você se sinta bem. Então, pense um pouquinho sobre o que você gosta, qual iluminação, algum cheiro, pode ser de um incenso ou um aromatizador, algum som que te ajude a manter a concentração, uma roupa confortável.

.

2) Escolha uma posição confortável.

Procure por uma posição que você fique confortável, verifique se precisa de algo para apoiar as costas, se prefere sentar-se sobre uma almofada... também gostaria de dizer que por mais que a postura pareça imóvel, nós estamos em movimento o tempo todo, nosso coração continua batendo, nossos pulmões se expandem e condensam. Observe que não são apenas nossos pulmões, mas nossas costelas, ombros, cotovelos e até mesmo pernas, o corpo todo acompanha este movimento. Então, ao invés de pensar vou ficar paralisado por cinco minutos, sem me mover, pense que há pequenos movimentos acontecendo, e que você pode ir criando espaço no corpo conforme sinta necessidade.

Se você não se conecta muito com seu corpo, talvez ache estranho essa história de perceber os micro movimentos e de criar espaço, mas, se prestar atenção, verá que estes movimentos estão o tempo todo acontecendo e que criar espaço é como alongar um pouquinho uma parte de corpo ou como respirar mais profundamente em alguma parte específica. Pensar desta forma sempre me ajuda! Porque pensar em parar completamente, por mais que seja impossível?

 Talvez por isto mesmo, me dá uma certa agonia. Pensar que vou apenas reduzir meus movimentos externos me ajuda. Tenta e depois me conta?!

.

3) Concentre-se em sua respiração.

Para começar a meditar, focar na respiração é um ótimo caminho! Quando algum pensamento surgir, deixe ele te atravessar. Não embarque nele e volte-se para sua respiração. Você pode contar quantos tempos inspira e exala o ar caso te ajudar, pois algumas pessoas ficam ansiosas ao contar. Se preferir, inspire algo bom e exale as tensões do dia, pondo para fora tudo de que não precisa. E se a situação estiver muito difícil, diga sim ao que está acontecendo, aceite, diga sim aos ruídos, observe-os, diga sim aos pensamentos e observe sua mente, o que ela te diz? Ela é pessimista? Encorajadora? Ela vai construindo um mundo catastrófico? Está remoendo algo do passado ou projetando algo para o futuro? Diga sim e observe, talvez depois de pensar muito você consiga focar na respiração pelo cansaço!! Ou tente em uma próxima. Mas se quiser muito meditar, não desista, meditar é como um músculo é preciso cultivo e trabalho frequentes para ele fortalecer.

.

4) Cultive a meditação frequentemente.

Encontre um modo de cultivar a meditação, você pode procurar por meditações guiadas (logo, logo irei começar a produzir!), você pode procurar por músicas meditativas, mantras... pra mim é como encontrar seu movimento, vá testando e vendo o que faz mais sentido para você e algo que te motive a continuar, então você pode experimentar cada dia de um jeito se preferir, para não se entendiar, mas se quiser realmente meditar, encontre um jeito, crie o seu jeito de funcionar. Acorde de manhã para meditar, medite antes de dormir, antes de uma refeição, medite indo para o trabalho sentado no transporte público, no uber. Medite no intervalo do trabalho. Nos fins de semana, encontre uma parceira de responsabilização (olha eu aqui rs!!)... enfim, crie um jeito que funcione para você!  

.

5) Tempo.

Alguns especialistas dizem que o ideal é começar com 10 ou 15 minutos, mas, eu diria para você ir se escutando. Se você não tem este tempo, comece com cinco minutos e se sentir que isto esta te fazendo muito bem, vá aumentando gradativamente. Com o tempo e a prática, ficará mais fácil se concentrar, isto não quer dizer que não haverão mais dias difíceis mas que você será capaz de se comprometer com a prática e realizá-la. Lembre-se tudo passa, coisas que consideramos boas e ruins, os confortos e desconfortos. E acredito que nisto a meditação também pode nos ajudar, desenvolvendo tranquilidade e paz para os momentos mais difíceis e desapego nos melhores momentos, fazendo com que a gente os aproveite ao máximo com muita presença!

.

Vamos começar? Depois me conta como foi?

.

Gratidão por acompanhar a até a próxima!!!

 

SOBRE A AUTORA

Bruna Spoladore é instrutora de Vinyasa Flow Yoga, formada por Karime Neder, artista, pesquisadora e professora de dança. 
Encontrou no caminho da yoga e da dança um modo de escutar a vida acontecer e de conectar pensamento, emoção e fisicalidade. Ama perceber os movimentos que criam corpo criando vida/relação/mundo.
Atualmente é orientadora artística do Programa Qualificação em Artes/Dança, orientando grupos de dança do interior do estado de São Paulo, e instrutora de Vinyasa Flow no Espaço Em Movimento, no Ballet Paula Castro e na Aquasport em São Paulo. É ainda personal yoga. 
 
- Foi professora nas Universidades Anhembi Morumbi e Estadual do Paraná (UNESPAR). Mestre em Dança pela Universidade Federal da Bahia. Graduada em Licenciatura e Bacharelado em Dança pela UNESPAR.
 
- Fez a Formação Intensiva Acompanhada no c-e-m (centro em movimento/Lisboa-PT), dirigido por Sofia Neuparth.
 
- Esta fazendo uma formação como educadora do movimento somático com Mark Taylor, criador do Body-Mind Movement
(Para maiores informações, siga nas redes: https://linktr.ee/brunaspoladore)

 

Posts relacionados

Comentários

Escreva o comentário